domingo, 26 de julho de 2009

.demonstrações

[divido com vocês hoje um texto muito bonitinho: 'atos gratuitos de amor'. autoria de sandy ezrine.]
.

"Praticar atos gratuitos de amor - que tal?
.
.
[adendo:
Demonstrar o amor é uma forma de deixar a vida transbordar dentro do próprio coração. A maioria das pessoas estabelece datas especiais para manifestar o seu amor pelo outro: é o dia do aniversário, o natal, o aniversário de casamento, o dia dos namorados. Para elas, expressar amor é como usar talheres de prata: é bonito, sofisticado, mas somente em ocasiões muito especiais. E alguns não dizem nunca o que sentem ao outro. Acreditam que o outro sabe que é amado e pronto. 'Não é preciso dizer'.
- autor desconhecido]
.
.
Disse a meu marido que o amo. Não custou nada.
Pus um bilhete na lancheira do meu filho dizendo como ele é especial. Não custou nada.
Abri a porta da loja para uma senhora em cadeira de rodas. Não custou nada.
Deixei uma lata de biscoitos de presente para o carteiro. Não custou nada.
Dei minha vez na fila do supermercado. Não custou nada.
Telefonei para meu irmão dizendo que estava com saudades. Ele também estava!
Pedi desculpas a um amigo com quem tinha sido agressiva. Custou um pouco, mas deu muita alegria.
Enviei uma carta para o prefeito elogiando sua administração. Não custou nada.
Levei flores e chocolates para uma tia velha. Não custou nada.
Dei passagem para um carro no cruzamento e sorri para o motorista. Não custou nada e ele sorriu de volta.
Comprei um presentinho para minha filha. Era uma coisa de nada, mas ela ficou feliz.
Agradeci ao rapaz que embalou minha compras. Ele ficou satisfeito.
Dei um dia de folga ao meu assistente, mas lhe paguei. Custou só um pouquinho, mas nós dois ficamos contentes.
Convidei uma amiga para um passeio e um cinema. Nós nos divertimos.
Fiz uma massagem relaxante. Me senti maravilhosa.

Atos gratuitos de amor - como me fizeram bem!"

.

21 comentários:

La Sorcière disse...

Falta amor, mas também falta gentileza no mundo. Ter educação não custa nada, mas faz muita diferença.
Lindo post,
bj

The Heart of Lilith disse...

Na verdaaaaaaaaade, todos custaram siiiiiiim!Alguns custaram mto, mto mais que o próprio dinheiro, mas encerrarei por aqui para não azedar o pst!


:P



Bejoooooo

.ana disse...

*drama*
hahahhahahah

Prity disse...

Acredito que todas as coisas que fazemos gratuitamente, caridosamente, volta para nós. Um simples elogio, experimentar dizer a mãe que ela é bonita e esforçada, ao namorado que o ama, aos amigos que eles são especiais. Pode parecer bobagem, mas muda tudo. Um elogio descompromissado pode transformar nosso dia. Belo texto.

homero luz disse...

Como um obrigado faz bem ou sorrir para alguem que trabalha em atendimento a publico. e não custa nada. só faz bem a todos

Prity disse...

Nem me fala guria. Aqui em Canoas, ainda não estamos tão neuróticos, mas por estarmos do lado de Porto Alegre e com casos também, as coisas deveriam mudar. Eu tomo vitaminas, não estou indo nos cinemas, igreja, e hoje quando fui no shopping, me surpreendi, estava lotadérrimo e tive medo. Imagina toda aquela gente respirando o mesmo ar, estava claustrofóbico, saí bem rapidinho. Um beijo e boa semana!

Anna Oh! disse...

Olá, moça!
Poxa, q texto lindo. E me lembrou bastante o filme O Fabuloso Destino de Amelie Poulain... mostra q as pequenas coisas são as mais grandiosas. E realmente, custam tão pouco!

Bjinhus e boa semana!

Yuuko-sama disse...

ai que lindo
e eu e minhas revoluçoes capilares XD

Bela disse...

Dia dos Pais, das Mães, do Namorado é uma data especial e, confesso que gosto de comemorar, mas o Dia de Cuidar do que se tem é todo dia.
Lindo texto.
Bjinhos ;)

.duas doses de desdém disse...

Que lindo!!!
Eu sempre agradeço a pessoa que embala minhas compras no mercado \o

bjbjbj

Dri Viaro disse...

Estou de volta, mas ainda correndo, vim dizer boa noite, e logo voltarei pra ler melhor

bjs


este é um recado fake por favor não me mate

Luiz Guilherme disse...

isso é uma demosntração de amor simples,q sempre deixa um afeto enorme no coração....

http://lg7fortalezace.blogspot.com/

vlw

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

o desnho da mão é uma - como diria hebe -graçinha

Deison.A.F disse...

Como seria bom se todos fizessem isso... Like a "wonderful World"..
Prazer, sou novo nos blogs! E estou dando uma passeada por ai!

D.Ramírez disse...

Muito lindo tudo isso!!!
Me fez lembrar coisas, uma delas quando encontrei uma conhecida na freente de uma fila e ela faloou, venha q compro pra vc. Fui, mas atras, o quarto da fila, greitou enfurecido dizendo que ele não era babaca pois estava a meia hora lá. Gritou, quis brigar.
Acho sim que é um tremendo de um babaca esse cara. Só ele acha que não.
Adorei seu texto mesmo.
Besos

Dri Viaro disse...

lindo Ana, se todas as pessoas pensassem como este texto o mundo seria melhor
bjs

Larissa. disse...

Lindo e verdadeiro esse texto.

bjos
;*

Prity disse...

Oi .ana tudo bom? Obrigada pelas palavras. Hoje fui visitar o marido dela, e ele me disse tantas coisas belas sobre ela, ele me disse por exemplo, que ela sempre sorria, mesmo com dor, mesmo doente. Que ela era um anjo que apareceu na vida dele e só fez ele feliz. Se tu visse, era um casal muito apaixonado. beijos .ana!

Laaaady disse...

"pequenos gestos que fazem a diferença"
Acho que isso resume muito sobre o post.. um detalhezinho que as vezes pode parecer bobo, sempre tem um resultado melhor do que o esperado!

Achei o seu blog muito interessante, li uns posts passados tambem, e devo dizer que escreve muito bem! ;) Gostei mesmo do seu blog, simples porém gracioso!

Sou nova no blog, estou ainda tentando me organizar, mas se quiser me fazer uma visitinha, lhe serei grata ;)
E claro, críticas e sugestões são sempre bem vindas!

;* beijos, um ótimo final de semana
obs; virei seguidora ^^'

LeêH disse...

Lindo!

Atreyu disse...

É uma mistura de ausências
Ausência de carinho
Ausência de gratuidade
Ausência de paixão
Ausência de amor
Ausência de verdade
Ausência de luz
Ausência de respeito
Fazer algo pelo outro, sem querer nada em troca é uma virtude
Que infelizmente está ficando cada vez mais rara