terça-feira, 8 de junho de 2010

.chão de estrelas. vamos pisar nos astros distraídos?

.hoje faço um adendo aqui no blog. o texto a seguir chegou a mim esses dias, e eu logo pensei: perfeito para algum tempo atrás. talvez lá por abril. com exceção das últimas quatro frases, com as quais não concordo, gostei muito e achei que tinha que colocá-lo aqui. dizia ser de autoria do caio fernando abreu [assim como o título do post], mas tenho lá minhas dúvidas. de todo jeito, ele segue:


"Porque quando fecho os olhos, é você quem eu vejo aos lados, em cima, embaixo, por fora e por dentro de mim. Dilacerando felicidades de mentira, desconstruindo tudo o que planejei, abrindo todas as janelas para um mundo deserto. É você quem sorri, morde o lábio, fala grosso, conta histórias, me tira do sério, faz ares de palhaço, pinta segredos, ilumina o corredor por onde passo todos os dias.
É agora que quero dividir maçãs, achar o fim do arco-íris, pisar sobre estrelas e acordar serena. É para já que preciso contar as descobertas, alisar seu peito, preparar uma massa, sentir seus cílios.
“Claro, o dia de amanhã cuidará do dia de amanhã e tudo chegará no tempo exato. Mas e o dia de hoje?”

Não quero saber de medo, paciência, tempo que vai chegar.
Não negue, apareça. Seja forte. Porque é preciso coragem para se arriscar num futuro incerto. Não posso esperar. Tenho tudo pronto dentro de mim e uma alma que só sabe viver presentes. Sem esperas, sem amarras, sem receios, sem cobertas, sem sentido, sem passados. É preciso que você venha nesse exato momento. Abandone os antes. Chame do que quiser. Mas venha. Quero dividir meus erros, loucuras, chocolates... Apague minhas interrogações. Por que estamos tão perto e tão longe? Quero acabar com as leis da física. Não nego. Tenho um grande medo de ser sozinha. Não sou pedaço. Mas não me basto."

...

"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía."

[luís de camões]

.

.um amigo 'desenterrou' essa há dias, e eu adoro:

8 comentários:

Thais Alves disse...

"Tenho um grande medo de ser sozinha. Não sou pedaço. Mas não me basto."

ameeei *-*'

Daniel disse...

Acredito que mesmo planejando e esperando pelo correto e certo sempre voltamos para trás quando nos convém, e sempre aprendemos.

Aquilo que nos convém significa arriscar. Estar arriscando. Sonhando com o futuro perfeito.

Façamos o presente perfeito também.
Beijos

Prity disse...

é tão bom encontrar alguém que nos faz sentir assim.
Beijo.

jefhcardoso disse...

"Viu Deus que não era bom o homem ficar só". Sei que está escrito no inicio do livro de Gênesis.
Abraço. Jefhcardoso do
http://jefhcardoso.blogspot.com

josué disse...

adoro teu blog e acompanho ele a algum tempo, e sempre tive curiosidade de saber de quem sao as tirinhas q voce posta aqui..
poderia confirmar se sao de tua autoria ou me passar o site delas??
desde ja agradeço..

.ana disse...

oi, josué. obrigada pelas visitas =)
vou responder por aqui, caso outras pessoas queiram saber tb, e depois passo no teu blog tb.
a tirinha dessa postagem é do liniers, um cartunista argentino. um tempo atrás, em outro post, coloquei o link pro site dele, mas aqui vai de novo:
http://www.porliniers.com/

:*

BOGUS GABRIEL disse...

adorei a postagem parabens.

Eu,Pamela Gama. disse...

Adorei a cara nova do blog, acho que estou nessa fase de mudanças também, como diz camões "mudam-se os tempos,mudam-se as vontades"