terça-feira, 1 de dezembro de 2009

.a sua parte

.ontem conversava com minha vó [86 anos de muita sabedoria] e falávamos sobre falta de sensibilidade. sobre falta de educação. sobre as pessoas acharem tudo normal, sobre não se importarem com mais nada. sobre não cultivarem bons sentimentos. sobre não serem sinceras. e eu disse a ela que, se as coisas estão como estão, é porque valores básicos foram perdidos. uma conclusão muito óbvia. mas ela concordou. [nossas conversas costumam ir longe...]

a vida que temos resulta de nossas escolhas. [um chavão que faz muito sentido]
se você vê uma pessoa caída na rua, vai recusar-se a levantá-la? se você vê um animal abandonado sofrendo, não vai ajudar? vai ficar parado olhando? vai ignorar?
se você comete uma injustiça, não vai se retificar? como espera receber algo bom, se as boas atitudes não partem de você mesmo?
quer que alguém goste de você? então comece pelo amor próprio, mas não esqueça de demonstrar o que sente pelo outro. amor é algo que deve ser cultivado todos os dias. assim como as [raras] verdadeiras amizades. são flores delicadas que precisam ser bem cuidadas.




.eu acho que vida seria bem mais simples se cada um se dispusesse a fazer a parte que lhe cabe. o problema é que ainda falta consciência. e sobra egoísmo.

.

[eu sou uma louca que ainda sonha com algo bem melhor que esse planeta aqui.]

6 comentários:

Silvia disse...

Falou tudo e mais um pouco, Ana. E não é só tu a louca, não...

Beijo!

GueGue disse...

aninha, linda!
quanto tempo longe daqui hein
eu precisava de conversas assim.
tenho algumas vezes com o rodrigo.
e concordo com tudo que disse.
as pessoas sempre esperam que tu tenha certa atitude, mas nada fazem para que tu tenha aquela atitude.
bom, o egoísmo, infelizmente, vai sempre prevalecer, porque o bem estar próprio está sempre à frente de tudo.

Beijão querrida

Priscy Little disse...

Nossa que lindo! É essa sensibilidade que eu encontros nos blogueiros por onde passo, e é isso que me motiva cada vez mais a vizita-los. Me sinto tão bem sabendo que nós (blogueiros) pensamos da mesma maneira com relação a isso.
Parabens pelo texto! Beeeiijão = *

Simão disse...

É uma constatação, Ana... de facto, não é só as alterações climáticas que estão danificando o nosso planeta, é também o "clima" entre as pessoas... faltam valores humanos (de um modo geral), mas eu acho que o mundo ainda não vai acabar, enquanto houver pessoas como você...
Boa semana para ti.
Simão

Bela disse...

Concordo, todo dia é dia de cuidar do que se tem.
Não entendo porque as pessoas tem tanto receio de dizer que ama ou que gosta, se o outro não sente o mesmo por acaso muda o que vc sente?!
E, como boas escorpianas que somos, vamos insistir, sempre, no que acreditamos.
Bjinhos ;)

Julia disse...

bem, a maioria das pessoas acha que está fazendo o seu máximo ao assinar uma petição (fajuta, aliás) pelo bem-estar animal. infelizmente elas assinam e depois vão comer um bife a parmegiana. que saiu de um animal. cujo bem-estar elas tentaram garantir através dessa assinatura. bem-estar esse que está em grande desacordo com ser assassinado, independente da maneira. e também tem gente que diz "pô, que horror isso, toda criança tem direito a escola" mas não cobra dos governantes da cidade, estado ou país investimento pleno em educação pública. ou saúde. etc.

enfim. não sei se é questão de não haver sentimentos. acho que simplesmente resolvem sentar num pudim bem macio e pensar que estão fazendo, de fato, o máximo.

:*