sexta-feira, 6 de março de 2009

.do abandono

.poucas coisas doem tanto no meu coração quanto ver um bichinho abandonado. é sério. me machuca muito mais do que ver uma criança de rua.
explico: o animal não fala e é muito mais indefeso. ele não sabe dizer onde dói, se sente fome, frio ou sede. ele não sabe dizer o que aconteceu com ele, e porque está ali, vagando sem rumo.
e eu sou assim desde pequena. às vezes eu pensava: "será que sou uma pessoa má? cruel por pensar assim?"
hoje em dia acho que não... há mais pessoas para ajudar outras pessoas do que aquelas dispostas a ajudar esses pequenos anjinhos soltos por aí.
.
falo hoje nisso porque recém cheguei de porto alegre, desci do ônibus e dei de cara com um cãozinho abandonado. pequeno, de pelo comprido e enrolado, andando todo desajeitado. parecia ser bem novo, ainda não tinha aquela "manha" para atravessar a rua. eu parei ali na calçada, fiquei olhando pra ele. tentei chegar perto, mas ele se assustou. então eu me abaixei e o chamei... ele veio pertinho, me olhou, cheirou minhas mãos... e quando fui tentar fazer um carinho nele, o coitadinho se assustou. deu uns passinhos pra trás, depois se virou e foi embora.
"lógico", eu pensei... com certeza as pessoas só levantam as mãos para ele para agredir, não para ajudar. minha vontade era abrir minha mala, pegar uma roupa qualquer, enrolar ele e levar pra casa. por deus, como eu queria... [o engraçado é que as pessoas na rua ficaram olhando com cara de "o que que aquela louca tá fazendo?" ¬¬']
no fim, ele foi pra um lado, eu pro outro. mas agora to aqui, de coração apertado. eu não devia ter olhado tanto para os olhos dele. tinha algo ali pedindo "por favor, me ajuda".
saco isso.
.
.

[se ainda não viram, essa propaganda aqui é linda!]

10 comentários:

.duas doses de desdém disse...

Aim flor, é triste mesmo né, tb me parte o coração ver isso, e qdo eles cismam em ir para o meio dos carros, até fecho os olhos pra não ver...tô feliz pq agora vou voltar pra casa e ainda com as férias vou poder brincar com o meu Caju todos os dias ^^

bjbj amiga!
;***

Sophie disse...

Nossa... quase chora. Sem exagero, sou altamente sensível pra esse tipo de coisa. E eu tbm já me perguntei o mesmo... se eu era cruel por não ser tão sensível qndo vejo essas coisas com pessoas. Mas só acho que, graças a Deus, tem bastante gente que tenta fazer o que pode pela quastão das crianças. Já os animais, alguém precisa olhar para eles... alguém precisa ajudar... alguém precisa, ao menos, se importar.

Amo demais animais, e tbm já passei por essa situação.

bj
=**

Sophie disse...

Ahhh e a propaganda... nem gosto de olhar nesses olhos. Eles quase falam!!!
Linda ;)

=**

.: Juliana :. disse...

Ah Ana, não fica assim, por mais difícil que seja. Tbém fico com peninha de todos os bichinhos que andam sozinhos por ai. Dá um aperto.

Tomara que ele encontro alguém assim como VC, para dar carinho e atenção que merece.

Bom final de semana.
Feliz dia da Mulher (antecipado).

Beijão.

GueGue disse...

Eu vi uma propaganda esses dia, acho que era da frolic, sobre os cãezinhos abandonados.. ba guria, comecei a chorar...
São bichinhos tão queridos que se bem tratados, fazem tão bem à gente né?? Porque fazer mal a eles, porque larga-los na rua, sem ter comida, nem um cantinho quentinho pra dormiremm... E eles olham mesmo, com uma carinha de coitadinhos...
Da muita pena, mas infelizmente, não podemos ajudar todos.

Grande beijo!

GueGue disse...

Aie, qua burra, só agora eu vi a tua propaganda ali!! é pedigree mesmo!! suhaus

Priscila Bilhalva disse...

Ai Aninha, sou solidária ao seu apego aos animaizinhos, amar um animal é uma coisa que poucas pessoas sabem fazer e me emociono muito com as pessoas que amam seus bichinhos. Quanto ao fato das crianças, eu discordo. Eu amo muito as crianças e não tem dor pior no mundo para mim do que mau-trato às crianças. Eu sempre penso que esses seres doces, ingênuos, não merecem as coisas horríveis que muitas passam, (e elas o que é pior) guardam para sempre na vida os traumas. Sabe aquele olhar doce de uma criança que se espelha em ti e tu tenta ser uma pessoa melhor a cada dia para dar um bom exemplo? Não tem preço. Por isso tenho tanto afilhados hahaha. Mas maltratar animais, tô fora também. Sei que nós temos amor suficiente para todos dentro de nós. Beijos e boa semana.

.ana disse...

Prity, tb não gosto de ver as crianças na rua, abandonadas. Mas sinto muito mais pelos bichinhos, pelos motivos que citei.
Uma coisa não exclui a outra ;)

:**

Priscila Bilhalva disse...

Sim, entendi. Eu discordo, mas não acho que esteja errada.

Doroti disse...

Ihh..da ultima vez que olhei um olhindo desses...ele veio parar aqui em casa... encontrei ele num dia de chuva..ele tava todo molhado..com um olhar triste e tava tremendo..=/
deu uma pena acabei pegando ele...adivinha o nome dele!: "Chuvisco" sahsuhaushauh
com ele tenho 4 cachorros..e isso pq a casa é pequena..qndo a minha tiver pronta..vão vir muitos mais!

Bom...no teu caso..se eu fosse vc..eu voltaria lá e tentava achar ele!..sério mesmo. eu faria ele ser o cachorro + amado do mundo..igual faço com os meus.xD

Beijos.