segunda-feira, 30 de março de 2009

.sobre a verdade

"Um dia, a Verdade andava visitando os homens sem roupas e sem adornos, tão nua como o seu nome. E todos que a viam viravam-lhe as costas de vergonha ou de medo e ninguém lhe dava as boas vindas.
Assim, a Verdade percorria os confins da Terra, rejeitada e desprezada.
Uma tarde, muito desconsolada e triste, encontrou a Parábola, que passeava alegremente, num traje belo e muito colorido.
- Verdade, por que estás tão abatida? - perguntou a Parábola.
- Porque devo ser muito feia já que os homens me evitam tanto!
- Que disparate! - riu a Parábola - não é por isso que os homens te evitam. Toma, veste algumas das minhas roupas e vê o que acontece.
Então a Verdade pôs algumas das lindas vestes da Parábola e, de repente, por toda a parte onde passava era bem vinda.

- Pois os homens não gostam de encarar a Verdade nua; eles a preferem disfarçada."


.conto judaico



.
.pois se tem algo que eu valorizo muito é a verdade. detesto mentiras e omissões. até porque, quando menos se espera, elas sempre vêm à tona e as consequências podem ser piores, as feridas abertas podem ser muito mais profundas.
se é possível evitar um sofrimento maior, por que não fazê-lo?
por medo, orgulho, egoísmo?
não sei... mas vivo muito mais leve sendo sempre sincera.
.

7 comentários:

GueGue disse...

Ninguém gosta de encarar a verdade nua e crua né ana.
Infelizmente as pessoas mentem pra si mesmas!

Grande beijo querida!

Momentos...volupté! disse...

Nada como não ter o famoso "rabo preso", por isso que a verdade é acima tudo um passaporte para a liberdade!!! Pensem nisso.

.: Juliana :. disse...

Excelente conto.
Eu prefiro a verdade, mesmo que isso cause alguma dor. Como vc disse, um dia ela vêm à tona.
E minha vó sempre diz:"a mentira tem perna curta" e como tem!

E digo mais: uma vez que se mente, sempre mentirá. E quando se perde a confiança, acabou, nunca mais é a mesma coisa.

.dois beijos.

Priscila Bilhalva disse...

Nem sei o que dizer sobre esse post, porque sou amada e odiada por ser sincera demais. Sofro por ser mal compreendida ao fazer um comentário ou dar um conselho. Porque as minhas verdades nem sempre são àquelas dos outros. Sou fiel a mim mesma, não me engano e não engano ninguém sobre o que eu sou. Pena que as vezes é dificl que os outros aceitem, ( porém qnd aceitam, é festa pura) pois nem toda verdade dói.

Homero luz disse...

A maior prova que ninguem gosta da verdade é que acontece todos os dias os enquadramentos que fazemos todos os dias.

E ana de maneira nenhuma quis desvalorizar a campanha tenho certeza qque você entendeu mas vale lembrar seus leitores.

.ana disse...

Homero! entendeste errado, eu não disse isso! hehehheh
sem stress...
;)

Prity: somos quase iguais! volta e meia eu preciso morder a língua pra não falar o que estou pensando... pq realmente, às vezes o que é "verdade" pra mim, pode não ser para outra pessoa.
mas em termos de atitudes [fez/não fez/deixou de fazer], aí sim, não existe meio-termo...

:**

.: Juliana :. disse...

Com certeza Ana, tem que ter confiança em si e bola pra frente. Ciúme só acaba com uma relação. Vejo muitas pessoas assim e é uma pena.

Beijo grande.