sexta-feira, 7 de agosto de 2009

.linha de pensamento


.
"Não estou falando de um mundo cor-de-rosa ou de pessoas perfeitas, sempre prontas para nos acolher, amar, caminhar ao nosso lado. Não falo disso, mas da tristeza nos olhos de quem vira as costas e a gente não vê. A beleza por dentro de um peito encouraçado que a gente não sente. A solidão de quem afasta um amor e se deita em camas tão frias. É do instante quando os olhos se perdem no nada e nenhuma mentira é capaz de enganar a si mesmo. É desse instante solitário, desse instante sem abraço, que eu digo. Todo mundo vai virar as costas ou dizer que merece coisa melhor ou debochar das mentiras que eles contaram... mas a gente pode sempre voltar e acolher com amor, ser os primeiros a começar. Afinal, se a hostilidade do mundo despertar a nossa, quem vai ser o primeiro a sorrir?"
.
.
.
[rita apoena**]
.
.
.
**adoro, e volta e meia ela 'dá as caras' aqui no blog porque é uma das poucas escritoras que consegue traduzir com perfeição o que sinto e penso - mas fico longe de escrever assim, de forma tão clara e delicada.
.

13 comentários:

exoticlic.com disse...

eu me arrisco como compositora, lindão o que ela escreveu... e pior que quase todas as pessoas na vida da gente volte e meia dão a volta e vão embora =/

Prity disse...

Muito lindo Ana. É tão bom quando nos identificamos com uma autora ou com uma obra. Coisas que despertam ainda mais nossos pensamentos sobre o tudo e sobre o nada também!
beijos

Vento disse...

mas tu é delicada.. tão delicada quanto o 2º cd do pantera...

Larissa. disse...

Que coisa mais linda. Realmente, um poço de delicadeza.
"É desse instante solitário, desse instante sem abraço, que eu digo."

Foi perfeito... como sempre, ótimas escolhas por aqui!

bjos
;*

Atreyu disse...

Eu tenho alguns autores favoritos, mas acho que nenhum em comum.
Acho lindo os textos daqui =*

Christiano disse...

Deveras Bonito... Estou de volta!!!
Boa Semana Malinha!!!

besitos

Simão Pedro disse...

Li algures que fazer rir é fácil (eu acho que não é tão fácil assim), o difícil é fazer alguém feliz.. e eu concordo (de certa maneira), mas.. não é que a gente pode fazer alguém feliz, apenas com um simples sorriso..

Fica bem, Ana e como costumava dizer o grande actor português Raul Solnado que faleceu anteontem em Portugal: "Façam o favor de ser felizes".
Eu, pelo menos, vou tentar..
Um beijo, Simão

Andreas Ribeiro disse...

Muito lindo!!!

não conhecia essa escritora!!!!
Adoro ler essas coisas... é que no Divã acabamos não postando coisas de terceiros (raramente) mas alguns são mto legais ^^


Beijos
Andreas Ribeiro
Divã Rosa Choque

Dri Viaro disse...

é bonito mesmo amiga
bjssss

.duas doses de desdém disse...

Hááá mas qdo comecei a ler, juro que achei que era coisa sua, meu bem!

Aninha!

Pode me avisar qdo vc att? pq eu sou muito viajona, mas adoro vir aqui!

beijão! :)

Silvia disse...

É mesmo, uma hora alguém tem que se dispôr a recomeçar, né?

Laaaady ;) disse...

Hey ;)

passo aqui meio rápido, já li o post, mas prefiro passar aqui com mais tempo para comentá-lo...

vim apenas avisar que fiz umas mudanças no meu blog. se quiser dar uma passadinha e me dar sua opinião, serei grata"

a propósito, estou linkando seu blog no meu ;) espero que não haja problema!

;* beijossss

™Deka disse...

Tem selinho pra você no meu blog!
Beijoca.