quarta-feira, 19 de agosto de 2009

.português para o português

.
.acho que boa parte das pessoas que passa aqui já sabe: eu adoro português. junto de biologia e química, era uma das minhas matérias preferidas no colégio. e às vezes dá vontade de postar algo sobre aqui.
.
hoje recebi por e-mail uma lista de palavras traduzidas do português [do brasil] para o português [de portugal]. para que ninguém passe vergonha quando for pra lá! heheheheh [é aquela coisa, as línguas são semelhantes, mas algumas palavras dão uma rasteira na gente - assim como acontece com o português e o espanhol: muitas vezes são parecidos, mas há que se ter um certo cuidado... ;)
.
.
[as "traduções" para 'um grupo de crianças', 'adolescente', 'ficar menstruada' e 'mulherengo' são ótimas!!]
.
. [clica que aumenta]

.lembrando também que a região glútea (bunda) lá se chama cu. assim, quando a mãe diz que vai aplicar uma injeção na nádega do rapaz diz:
"vou aplicar uma pica no cu do puto."


.e se for uma palmada numa criança fala:
"meto-te cinco dedos no cu, canalha."

.

[e o pessoal preocupado com o trema, hífen...]

7 comentários:

Bela disse...

Kkkkkk.
Nossa! Dessa vez fui às gargalhadas.
Valeu!
Bjinhos ;)

Atreyu disse...

Se minha mãe me dissesse:

"vou aplicar uma pica no cu do puto."
Ou
"meto-te cinco dedos no cu, canalha."

Eu não queria saber nem qual era a língua!!! Metia um processo nela!!!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

***************************

biologia é o poder!!! A faculdade dela está me deixando louco, mas estou dando conta...

PS1.: aceito orações
PS2.: promessas
PS3.: o que vier já é lucro
=*

Vou tomar uma bica! =*

Simão disse...

Aqui mesmo, em Portugal, o jeito de falar e o significado das palavras não é o mesmo em todo o lado e não creio que vá seer diferente (com acordo ou sem acordo ortográfico).. veja-se o caso do mirandês e do jeito de falar dos açorianos (com os quais os gaúchos têm ainda muitas parecenças).. pessoalmente não fico à procura de duplos sentidos das palavras que vou dizendo ou a medir todas as palavras que vou ouvindo.. é tudo português, não é mesmo, Ana?

Fica bem.

Ferrockxia disse...

"vou aplicar uma pica no cu do puto."

JESUS QUE DIFERENÇÃ PRO BRASIL SE EU OUÇO ISSO SÓ PENSO MERDA RSRSRSR

Simão disse...

É curioso, Ana, e gostaria de saber a sua opinião, porque é que este seu post não teve a mesma adesão (em termos de comentários) dos outros anteriores..
Sabe o que eu acho, é que a qualidade do texto e a escolha do assunto, foi uma decepção, na sequência dos anteriores, pelo menos para mim (e outros terão tido decerto a mesma opinião)..
Por outro lado, para além das incorrecções das ditas "traduções" (de quem não conhece a realidade de Portugal ou de quem nem sequer esteve alguma vez em Portugal..) do português falado no Brasil para o português falado em Portugal e por milhões de portugueses e não só, em todo o mundo, este post destoa por completo da qualidade que me fez visitar o seu blog (porque misturar a "Professora Etelvina" com escritores como Carlos Drummond de Andrade e Érico Veríssimo, só para citar autores brasileiros, não faz qualquer sentido em termos de qualidade literária ou outra qualquer..)
Os portugueses, assim como outros emigrantes de muitos países, que vivem no Brasil e que ajudaram e ajudam o Brasil a ser o país que é hoje, para além de muitos brasileiros, têm orgulho nos seus antepassados portugueses, assim como muitos brasileiros que trabalham em Portugal (entre eles o actual administrador da TAP em Portugal) e aqueles que vêm a Portugal todos os anos, em especial nesta época do ano..

Simão

.ana disse...

ah, simão, sinceramente eu não me preocupo com essas coisas [referindo-me aos comentários]. foi apenas um post de curiosidade, o que não desqualifica em momento nenhum os portugueses, apenas mostra algumas diferenças na língua entre os países. recebi por e-mail e resolvi postar. se há algo incorreto, sinta-se à vontade para corrigir.
a proposta do meu blog é bem livre, como diz ali no cabeçalho, e não só postar textos de "grandes" escritores. eu faço o blog para mim, e não para os outros; fico feliz com os comentários e tudo mais [aliás, fiz algumas várias amizades por aqui^^], mas ninguém é obrigado a gostar. e é impossível agradar a todo mundo, então, nesse ponto sou meio egoísta: em primeiro lugar, eu agrado a mim mesma. nunca posto nada aqui sem vontade.
mas agradeço pela tua colocação.

;)

Márcio Luiz Soares disse...

Fazia tempo que não ria tanto num blog!! Maravilha!
Beijo