sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

.so tired...

sabe quando a gente é capaz de dormir com carros buzinando, ambulância passando, luz na cara e gente chata azucrinando por perto?
sabe aquele soninho que vem do nada, e a gente quase precisa colar um esparadrapo nos olhos pra eles ficarem abertos?
.
hoje to mais ou menos assim...
.

[tipo esse gatito, que fez "pof" em cima da comida. quase me aconteceu isso depois do almoço...]

então...

então que eu nem ia postar nada. daí vim aqui encher lingüiça, coisa que não é do meu costume.

e daí que lembrei de um poeminha da cecília que adoro, e vou terminar por aqui com ele mesmo...

Pequena Flor


Como pequena flor que recebeu uma chuva enorme

E se esforça por sustentar o oscilante cristal das gotas

Na seda frágil, e preservar o perfume que aí dorme


E vê passarem as leves borboletas livremente

E ouve cantarem os pássaros acordados sem angústia

E o sol claro do dia às claras estátuas beijando sente


E espera que se desprenda o excessivo, úmido orvalho

Pousado, trêmulo, e sabe que talvez o vento

A libertasse, porém a desprenderia do galho


E nesse temor e esperança aguarda o mistério transida

- Assim repleto de acasos e todo coberto de lágrimas

Há um coração nas lânguidas tardes que envolvem a vida.

.
[esses espaços não estavam programados e to com preguiça de editar todo o html. então, que fique assim.]

4 comentários:

.duas doses de desdém - Gui disse...

PreGuiça é ótimo!!

Aproveite o find, minha flor!!

bjb

D.Ramírez disse...

Não sei oque é dormir com todo esse barulho, mas te peço quando não tiver nada pra posatr e encher linguiça me chame pra vir degustr, pq o texto postado ficou MARA!!!

Besos

Silvia disse...

Nem me fala, hoje acordei ás 5h30. Tu imaginas como eu tô agora, hahaha!
Ahhh gostei de saber do Joaquim, que lindo! Mantenha-nos informados do quadro dele, tá? :)

Um beijo, Ana!

Rafael Reinehr disse...

E o Joaquim, como está? Atualize-nos!